Os motoristas da capital baiana são os que pagam o terceiro seguro mais caro do País. A cada uma hora e meia, um carro é roubado em Salvador, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Além da preocupação com a violência, as altas taxas de roubo influenciam, e muito, no bolso de quem paga seguro. Nessa linha, o diretor do SindSeg BA/SE/TO Nelson Uzêda, explica a importância do CEP na precificação do seguro.

Conecte-se com o SINDSEG:
facebooktwitter